Quarta-Feira, 20 de Abril de 2011

Angustifolia, árvore símbolo do Paraná


Como toda nação, cada Estado e também municípios, têm símbolos de identidade. O Paraná por longo tempo não tinha e todos pensavam no café, já que fomos maior produtor de café do mundo em bons tempos quando europeus e asiáticos começaram a se mudar para nosso país na esperança de melhorar de vida, tanto que devemos muito da nossa evolução a portugueses, italianos, franceses, árabes, espanhóis e até a escandinavos, japoneses, chineses e outras raças que sempre recebemos de braços abertos e não nos arrependemos. Na verdade tenho sonho utópico: não seria mais feliz um mundo sem fronteiras?

Vejo nosso pinheiro como das mais belas árvores e recordo a propósito que quando presidi o Tribunal de Contas do Paraná, ao chefiar um congresso realizado no Paraná (em Foz do Iguaçu) falando na sessão de abertura fiz simples descrição do nosso amado Paraná e expliquei que Pinheiro tem nome científico. Indaguei se alguém conhecia. Ninguém! Brinquei um pouco com respostas estranhas de alguns e disse: anotem para não esquecer: Araucaria Augustifolia. Huuum... Creio que mesmo entre nós araucarianos, nem todos sabem.

O pinho também é bonito, mas plantado em quantidade para aproveitamento comercial tem a beleza respingada. Parece estranho e inconveniente, mas vou escrever: a natureza parece ser mais inteligente que a humanidade. E a natureza não tem cérebro. Ou tem? Não tem professores, universidade, tecnologia; quais serão suas ferramentas?







 Voltar

Contato