Sábado, 03 de Fevereiro de 2007

Denise chegou lá


É provável que muitos paranaenses ainda não a conheçam, mas acredito que todos, quando pouco a maioria, já ouviu falar do seu nome. Ela se chama Denise Stoklos. E nasceu onde? Ali, na nossa histórica Irati, cidade de tantas glórias nem sempre reconhecidas.

Um dos raros motivos de orgulho de minha vida é ter tido como alunos, durante as mais de três décadas em que lecionei na gloriosa Universidade Federal do Paraná, personagens que se tornaram ilustres. E no reino das artes Denise creio ter sido a que alcançou maior êxito.

Ainda guardo na lembrança, quando passava férias no Rio de Janeiro (lugar preferido das minhas férias) e fui assistir a um espetáculo de Denise e ela me reconheceu ao lado de minha Rose Marie e me abraçou, pedindo desculpas por ter algumas vezes perturbado minha aula. Com efeito, Denise sempre era a última a chegar na sala e sempre com sono. Atravessava as noites no palco, ora ensaiando, ora se apresentando ao público.

E certo dia, quando ela procurou se desculpar, eu lembrei-me de um episódio contado por meu irmão Elias. Meu irmão cursou Odontologia na gloriosa Universidade Federal do Paraná, onde também se diplomou José Richa.

Conta-se que Richa na universidade mais fazia política do que estudava. Estava no sangue. Era ele quem tomava a iniciativa para os eventos, quem assumia a responsabilidade para angariar fundos para esta ou aquela festividade e tudo o mais. E numa prova final, com um professor “carrasco” que se a memória não engana se chamava Cavagna, ele pouco tinha estudado a matéria, que era realmente complexa, e, depois de algum tempo, o professor lhe disse com toda a franqueza: Senhor Richa. Eu vou aprová-lo, mas o senhor jamais será um dentista! Sábia profecia. Richa nunca se adaptou ao boticão, mas chegou aos cargos que todos sabemos e com os nossos votos.

P.S. - Do mesmo modo, não tive receio em aprovar Denise Stoklos. Estava escrito nas estrelas que fazia um curso superior para dar uma resposta à sociedade e orgulho à sua família. Mas seu destino estava no teatro. Seu destino, seu futuro e seu sucesso. Parabéns, Denise, Irati e o Paraná estão jubilosos com suas vitórias pelos palcos deste mundo.

P.S. 2 - Eis o programa de Denise, apresentado em anúncio de página inteira no jornal O Estado de S. Paulo, de 1.º de fevereiro: “Petrobras apresenta Denise Stoklos em Olhos recém-nascidos”, no Teatro João Caetano (Vila Clementina), março, dias 20, 21, 22, 27, 28 e 29; abril, 17, 18, 19, 24, 25, 26, sempre às 21 horas. Recomendado para maiores de 14 anos com agendamento gratuito para grupos de professores e alunos de escolas públicas e instituições carentes, pelo telefone (11) 3868-1653.



Publicado no jornal “O Estado do Paraná”, 3/fevereiro/2007







Contato